+1

TROCA DE LETRAS

Gostaria de saber como eu posso ensinar uma criança que troque as letras o B-T / P-B .Troca as letras parecidas, queria atividades ou sugestões .
Muito Obrigada
Helena

MINHA QUERIDA HELENA

Essa troca normalmente é adquirida no início do processo de alfabetização e se não for corrigida nos primeiros anos escolares pode chegar à fase adulta e prejudicar muito a pessoa.
Isso ocorre porque o SOM desses pares de letras  (P / B, F / V, e T / D) é muito parecido (tem quase os mesmos pontos de articulação no Aparelho Fonador). Só que uma é surda (B) e a outra é sonora (P). E para perceber essa diferença é necessário prestar atenção na emissão desses sons EM VOZ ALTA. Ou seja, se a pessoa cochichar, murmurar ou apenas pensar no som, não perceberá a diferença. Tente pronunciar, sussurrando, as palavras a seguir:

PATA – BATA

FACA – VACA

DENTE – TENTE

Dificilmente dá para distinguir uma da outra. Só é possível fazer isso se o SOM FOR AUDÍVEL, se escutarmos o que estamos falando. É aí, que às vezes, a professora falha. Por falta de conhecimento, algumas exigem silêncio no momento das crianças escrevem e a confusão fonêmica está colocada. Como a criança não faz diferença de som sem falar em voz alta, ela grafa com a primeira letra que lhe vem à cabeça.
Para que isso seja corrigido, é necessário, em primeiro lugar conhecer o que foi aqui descrito. Depois, é preciso conscientizar a criança desse fenômeno linguístico. Pedir para ela falar as palavras COCHICANDO, SUSSURRANDO E EM VOZ ALTA, prestando atenção no som,  NA POSIÇÃO DA LÍNGUA, DOS LÁBIOS e na função DOS DENTES.
Por fim, encaminhar a reflexão para que ela perceba a palavra que quer escrever a partir do seu sentido, do significado que ela tem:
a) Você quer passar manteiga no pão com a VACA ou com a FACA?
b) Qual é o animal: a PATA ou a BATA?
c) Escovamos o DENTE ou o TENTE?

Para que os conceitos aqui trabalhados sejam consolidados, é interessante que os alunos sejam incentivados a fazer muita Leitura, pois o ato de ler exige a reflexão contextualizada das palavras e isso auxilia também nessas pequenas dificuldade ortográfica.
Espero que tenha ajudado, Helena. Abraços carinhosos, Sandra Bozza.

Artigos Relacionados:

  1. LETRAS ESPELHADAS
  2. COMO ALFABETIZAR E LETRAR AO MESMO TEMPO?
  3. SEPARAÇÃO DE SÍLABAS
  4. ALFABETO MÓVEL
  5. DITADO PELAS CRIANÇAS

 

 

Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe um Comentário





Navegação

 

Sandra Bozza

Há mais de 37 anos se dedica ao magistério na cidade de Curitiba, é professora de Língua Portuguesa e, além de linguista e cientista social na área da educação, estuda com afinco a Psicologia do Desenvolvimento Humano com um único objetivo: desenvolver uma metodologia de ensino apropriada para alfabetizar com mais sucesso as crianças cujas origens determinam seu distanciamento da cultura letrada.

Veja o perfil completo

Entre em Contato!

Sandra Bozza
R. Bruno Filgueira, 1985
Champagnat • Curitiba • PR
Telefone: +55 41 9973 3528
sandra@sandrabozza.com.br